Conselhos de Cultura e Diversidade

Sistemas de Cultura: Videoconferência

É hoje: VI SemCine

O Seminário Internacional de Cinema e Audiovisual, neste ano de 2010 em sua sexta edição consecutiva,  consolida a importância da realização de eventos de cinema e audiovisual na Bahia e no Brasil. Com o significativo crescimento da atividade audiovisual, faz-se cada vez mais necessário atrair investimentos, promover o enriquecimento teórico e estimular a criatividade. A expressiva participação do público, dos convidados e da imprensa nos seminários anteriores demonstra a positividade desta realização.

Em 2010, as atividades se estenderão por todo o complexo do Teatro Castro Alves. e no
Instituto Goethe: Mesas Redondas, Diálogos, Mostra de Filmes Internacionais e Nacionais de
Longa Metragem, Mostra Competitiva de Filmes de Curta Metragem Nacionais, Mostra
Retrospectiva de Pier Paulo Pasolini, Mostra de Curtas Metragens premiados em festivais
nacionais e internacionais, Cursos e Oficinas, Lounge Multimídia, e Encontro de Produtores de
Cinema e Televisão.

PARTICIPE!

Videconferência SECULT



Ciclo de Videoconferências da Bahia

Secretaria de Cultura do Estado da Bahia inicia, no próximo dia 12 de julho, uma série de videoconferências para discutir algumas das principais propostas eleitas na II Conferência Nacional de Cultura e na III Conferência Estadual de Cultura. A escolha das propostas foi feita pelos internautas com votação entre os dias 18 de maio e 06 de junho.

Ao todo, foram 97 votações. Através do site da SecultBA, os participantes tiveram acesso a todas as propostas das conferências, dentre as quais escolheram cinco para serem discutidas com palestrantes convidados. As sete mais votadas resultaram nos temas das próximas videoconferências:

Eixo 4 – Cultura e Economia Criativa:

Criar um programa nacional (e por região) de capacitação de agentes e empreendedores culturais (captação, projetos e qualificação técnica-artística) e realizar concursos (N/E)

12/07  – 9h às 12h

Eixo 3 – Cultura e Desenvolvimento Sustentável:

Fortalecer as políticas culturais dos estados para o desenvolvimento cultural sustentável (N)

09/08  – 9h às 12h

Eixo 3 – Cultura e Desenvolvimento Sustentável:

Fomentar e ampliar observatórios e as políticas culturais participativas para produzir inventários, pesquisas e diagnósticos permanentes, inclusive de comunidades tradicionais, estimulando o turismo sustentável (N/E)

13/09 –  9h às 12h

Eixo 2 – Cultura, Cidade e Cidadania:

Revigorar e estruturar espaços públicos (praças, estações; fábricas; etc.) dando-lhes uso cultural (E) e “Incentivar a criação e manutenção de ambientes lúdicos nos diversos espaços (escolas, hospitais, presídios, etc.) (N)

18/10  – 9h às 12h

Eixo 5 – Gestão e Institucionalidade da Cultura:

Implantação dos Sistemas Nacional e Estadual de Cultura e aprovação da PEC 150/2003 (N/E)

11/11 – 9h às 12h

Eixo 3 – Cultura e Desenvolvimento Sustentável:

Incentivar a criação e manutenção de ambientes lúdicos nos diversos espaços (escolas, hospitais, presídios, etc.) (N)

22/11 – 9h às 12h

Eixo 5 – Gestão e Institucionalidade da Cultura:

Garantir recursos específicos para elaboração e execução dos planos municipais, territoriais, estadual e nacional de cultura (E);

06/12  – 9h às 12h

Eixo 1 – Produção Simbólica e Diversidade Cultural:

Registro, valorização, preservação e promoção das diferentes manifestações culturais (N/E)

Ainda sem data definida

Legenda: (N) = proposta nacional / (E) = proposta estadual / (N/E) = proposta nacional e estadual

Começa amanhã o VI ENECULT

Realizado pelo sexto ano consecutivo, o Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura – ENECULT receberá entre os dias 25 e 27 de maio, na capital baiana, centenas de teóricos, pesquisadores e profissionais para debater temas como culturas digitais, políticas culturais, espaços de cooperação internacional em cultura, cultura e violência, dentre outros.

A programação do VI ENECULT é vasta. Estão previstas duas palestras e três mesas redondas, com a presença de estudiosos e profissionais como o coordenador de cultura da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) Fernando Vicário, o sociólogo e doutor em antropologia Renato Ortiz, o sociólogo, doutor em ciência política e militante do software livre, Sergio Amadeu, dentre outros. Também serão apresentados cerca de 300 trabalhos multidisciplinares, oriundos de 22 estados brasileiros e Distrito Federal, bem como de outros países, selecionados entre mais de 560 propostas. Está previsto, ainda, para o encerramento do Encontro, o lançamento de diversos livros ligados à temática cultural.

A programação paralela ao VI ENECULT, por sua vez, conta com a exposição território(s) de particularidades, o lançamento do livro de fotografias Homenaje, seguido de debate sobre as culturas andinas, o lançamento do livro Cultura e Drogas: novas perspectivas; a exibição do documentário Adonde va el público? , seguido de bate papo com a diretora; e, finalmente, a estreia da peça O melhor do Homem.

O VI ENECULT tem como público-alvo pesquisadores, professores e estudantes universitários interessados em cultura, além de profissionais de instituições vinculadas ao campo cultural. Maiores informações pelo site http://www.enecult.ufba.br, blog enecult.wordpress.com, email cult@ufba.br, ou telefone (71) 3283-6198.

SERVIÇO:
Programação principal
Palestras e mesas redondas: dias 25 a 27 de maio, manhãs, na Reitoria da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Canela
Apresentação de trabalhos: dias 25 a 27 de maio, tardes, na Faculdade de Comunicação (Facom)-UFBA, no Campus de Ondina
Lançamento de livros: dia 27 de maio, 20h, no Palácio da Aclamação, Campo Grande
Programação paralela
Exposição território(s) de particularidades: 25 a 27 de maio, tardes, na Facom-UFBA.
Lançamento do livro “Homenaje”: dia 25 de maio, 19h, no Teatro Vila Velha – Campo Grande
Lançamento do livro “Cultura e Drogas: novas perspectivas”: dia 26 de maio, 19h, na Reitoria da UFBA.
Exibição do documentário “Adonde va el público?”: dia 26 de maio, 19h, no Auditório do PAF III da UFBA, Campus de Ondina
Estreia da peça “O melhor do Homem”: dia 27 de maio, 20h, no Teatro Martin Gonçalves – Canela.

Baixe aqui o folder com a programação completa do ENECULT

Ministros da Cultura da América Latina em Salvador a partir de amanhã

Com o tema “A Força da Diápora Africana”, o II Encontro Iberoamericano de Ministros da Cultura para uma Agenda Afrodescendente nas Américas, acontecerá em Salvador (BA) para elaborar um plano que contemple políticas públicas de ações afirmativas para a igualdade racial, por meio de projetos e propostas de cooperação entre os países da América Latina e Caribe. O evento é promovido pelo Ministério da Cultura, por meio da Fundação Cultural Palmares, e acontecerá no período de 25 a 28 de maio.

A reunião é um compromisso assumido em 2008, na primeira edição do encontro em Cartagena, na Colômbia, e reunirá, além dos ministros de cultura, organismos internacionais como, a Organização dos Países Ibero-Americanos (OEI), Unesco e Organização Internacional para as Migrações.

Na pauta do evento, paralelo a reunião dos Ministros, acontecerá o Encontro de Pensadores – que reunirá agentes políticos, sociais e especialistas na área de cultura negra na América Latina e Caribe para, também, dialogarem sobre as diretrizes políticas em torno do tema –, a apresentação do Observatório Afro-latino – um programa virtual de intercâmbio de conteúdos sobre as culturas de comunidades afro-latinas e caribenhas –, além de oficinas de percussão e atividades artísticas.

Os interessados em participar do Encontro de Pensadores e nas oficinas de percussão devem se inscrever, a partir da próxima terça-feira (17) no site: www.encontroafrolatino.com. Os ingressos dos shows também devem ser retirados no site e trocados na portaria dos locais onde irão acontecer as apresentações artísticas.

O Encontro

O primeiro encontro foi considerado um marco na proposta de cooperação multilateral entre os países ibero-americanos, que elegeram a diversidade cultural como objetivo de um projeto de integração que deve ganhar contornos nessa segunda edição. A Declaração de Cartagena chamada “Agenda Afrodescendente nas Américas” contribuiu para criar novos horizontes na agenda multilateral de cooperação no campo da cultura, e foi determinante na escolha da ONU para que 2011 fosse declarado o “Ano de la Ascendência Africana” pelas Nações Unidas.

Estima-se que hoje América Latina e Caribe concentrem uma população de 150 milhões de afrodescendentes. A diáspora africana na região representa cerca de 30% da população total.

A Programação

DATA ATIVIDADE SUGESTÃO DE LOCAL
25/05 – 3ª feira(Dia da África)

19h

20h

21h

21h30

Coletiva com a imprensaCoquetel

Solenidade de Abertura Oficial

I Concerto Afro-Latino – Elza Soares

Participações: Mariene de Castro e Riachão

Teatro Castro AlvesTerraço do Teatro Castro Alves

Sala Principal do Teatro Castro Alves

26/05 – 4ª feira
9h às 14h

21h

Encontro de Ministros da CulturaII Concerto Afro-Latino – Papá Roncón, Trio Bahia e Noemi Rodrigues Stable e Juan Froilan Museu da MisericórdiaSala Principal do Teatro Castro Alves
27/05 – 5ª feira
9h – 12h

14h – 18h

Abertura do Encontro de Pensadores

Workshop 1 – Música

Percussiva: Papá  Roncón

Workshop 2 –  Música

Percussiva: Trio Bahia

Encontro de Pensadores

Othon Palace HotelTeatro Castro Alves

Teatro Castro Alves

Othon Palace Hotel

28/05 – 6ª feira
9h – 12h

14h – 18h

20h às 22h30

Encontro de Pensadores

Workshop 1 –  Música

Percussiva: Papá  Roncón

Workshop 2 –  Música

Percussiva: Trio Bahia

Encontro de Pensadores

Concerto Popular Afrolatino – Carlinhos Brown e convidados

Othon Palace HotelTeatro Castro Alves

Teatro Castro Alves

Othon Palace Hotel

A confirmar